Reabsorções Dentárias nas Especialidades Clínicas

R$497,85

Disponibilidade: Indisponível

Dê sua opnião sobre o Produto

Autor: Alberto Consolaro

Editora: DentalPress

ISBN: 978-85-88020-60 -3

Assunto: Endodontia

Edição: 3ª Edição

Ano: 2012

Frete
 

Descrição

As reabsorções representam a principal causa da perda dentária, à medida que a cárie e a doença periodontal são controladas pela higiene bucal com maior conscientização da população em geral.

As reabsorções dentárias estão associadas a:

1. movimentação ortodôntica, incluindo-se o tracionamento de caninos;
2. clareação dentária interna;
3. traumatismos dentários acidentais, desde os mais leves, como as concussões, até os mais graves, como a avulsão;
4. traumatismo que podem ser operatórios nos procedimentos cirúrgicos, ortopédicos, ortodônticos, anestésicos e restauradores;
5. prognósticos ruins em dentes endodonticamente tratados com lesões periapicais crônicas;
6. indicações para cirurgias parendodônticas;
7. trauma oclusal de longa duração;
8. anquilose alveolodentária evoluindo para a substituição da raiz por osso, seguindo-se a colocação de implantes osseointegráveis;
9. denterminadas lesões dos maxilares, ajudando a distingui-las no dianóstico diferencial.

O diagnóstico das reabsorções dentárias requer imagens perfeitas e um treinamento adequado para sua classificação, com identificação precisa de sua causa.

As causas são locais e os casos idiopáticos são cada vez mais raros, pelo conhecimento maior de como se desencadeiam e evoluem as reabsorções dentárias.

Sobre o Autor

Alberto Consolaro

Nascido em 1956, graduou-se em Odontologia na Unesp de Araçatuba em 1977. Iniciou-se na docência em 1978 e concluindo o mestrado em Biologia e Patologia Buco-Dentária na FOP-Unicamp em 1983. Após atuar como professor e patologista na Universidade Federal de Uberlândia, concluiu em 1987 o Doutorado em Diagnóstico Bucal pela FOB-USP. Em 1991 obteve o título de Livre Docente da USP. Como professor, pesquisador e patologista, em 1995, obtém o maior grau docente, o de Professor Titular da Universidade de São Paulo, aos 39 anos de idade. Suas áreas de pesquisas são:

Anatomia Patológica,
Inflamação e Reparo
Reabsorções Dentárias,
Movimentação Dentária e
Biologia da Polpa e do Periápice.

Por muitos anos foi Chefe de Departamento e Coordenador do Programa de Mestrado e Doutorado em Patologia da FOB-USP. Atualmente ensina na graduação da FOB e na pós-graduação da FORP-USP nos Programas de Odontopediatria e no de Periodontia e Cirurgia.

Publicou vários livros como:

O ser Professor (5.ed. 2011),
Reabsorções Dentárias nas especialidades clínicas (3.ed. 2012),
Controvérsias em Ortodontia,
Inflamação e Reparo (2.ed. 2013) e
Cárie Dentária.

Há alguns anos, como Jornalista, simultaneamente às atividades acadêmicas, escreve semanalmente no Caderno Ciências do Jornal da Cidade, o principal jornal do centro do Estado de São Paulo. Em 2013 publicou o livro Queremos Saber! de divulgação científica e tecnológica direcionado para o público em geral.

 

(Texto informado pelo autor)

Especificação

Titulo da Obra:
Reabsorções Dentárias nas Especialidades Clínicas

Autor: Alberto Consolaro

Capa: Dura

Número de páginas: 816

Dimensão: 21,5 x 27,5 cm

Peso: 3.500g

Edição: 3º edição

Publicado em: 2012

ISBN: 978-85-88020-60 -3


Papel couchê fosco 115 gramas com aplicação de verniz de proteção em todas as páginas

Sumário

Capítulo 1 - Significado, importância clínica e caminhos do controle das reabsorções dentárias.

Capítulo 2 - Nomenclatura e classificação das reabsorções dentárias

Capítulo 3 - O diagnóstico das reabsorções dentárias: cuidados e limitações

Capítulo 4 - Os dois mecanismos das reabsorções dentárias

Capítulo 5 - O mecanismo de ocorrência das Reabsorções Dentárias Inflamatórias

Capítulo 6 - O mecanismo das Reabsorções Dentárias por Substituição

Capítulo 7 - As reabsorções dentárias têm natureza imunológica, pelas evidências de autoimunidade

Capítulo 8 - Junção Amelocementária o ponto frágil na estrutura dentária para as reabsorções

Capítulo 9 - Clareação dentária interna: implicações clínicas e sua relação com as reabsorções dentárias

Capítulo 10 - Reabsorção Cervical Externa: significado clínico, diagóstico, causas e evolução

Capítulo 11 - Reabsorção interna: uma pulpopatia inflamatória

Capítulo 12 - Causas das Reabsorções Dentárias Inflamatórias: correlações clíncias, radiográficas e terapêuticas

Capítulo 13 - As causas da Reabsorção Dentária por Substituição: correlações clínicas, radiográficas e terapêuticas

Capítulo 14 - Reabsorção Dentária Fisiológica: a rizólise dos dentes decíduos

Capítulo 15 - Movimentação Dentária Induzida: mecanismos e implicações clínicas

Capítulo 16 - Movimentação Ortodôntica e Reabsorções Dentárias: influência de condições sistêmicas como endocrinopatias e gravidez

Capítulo 17 - Medicamentos na movimentação ortodôtica e reabsorções dentárias associadas

Capítulo 18 - Reabsorções Dentárias na Movimentação Ortodôntica

Capítulo 19 - O gene, a epigenética e outras formas de hereditariedade ou Os genes não comandam tudo!

Capítulo 20 - As reabsorções não são hereditárias, à luz do conhecimento científico atual. Análise crítica dos quatro trabalhos mais citados

Capítulo 21 - Tradicionamento ortodôntico: as reabsorções dentárias como possíveis consequências ou Os 4 pontos cardeais da prevenção de problemas durante o tracionamento ortodôntico

Capítulo 22 - Reabsorção dentária e trauma oclusal: mecanismos, aspectos clínicos e imaginológicos relacionados

Capítulo 23 - Critérios para análise de trabalhos sobre reabsorções dentárias na movimentação dentária induzida: uma proposta de guia e cuidados

Capítulo 24 - Um modelo experimental de movimentação induzida e das reabsorções dentárias associadas

Capítulo 25 - Posfácio: as mudanças foram substanciais e a metamorfose continua!

Capítulo 26 - Banco de referências